Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com as nossas Políticas de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições.


Resultado de Exames  

Exame

OBS.: ESTAMOS ATUALIZANDO NOSSO BANCO DE DADOS, CASO NÃO ENCONTRAR ALGUM EXAME, POR FAVOR, ENTRE EM CONTATO CONOSCO

BETA-HCG - GONADOTROFINA CORIÔNICA TESTE DE GRAVIDEZ QUANTITATIVO - Biolabor - Laboratório Clínico

BETA-HCG - GONADOTROFINA CORIÔNICA TESTE DE GRAVIDEZ QUANTITATIVO

Código do Exame: BL1933257
A gonadotropina coriônica humana (hCG) é um hormônio glicoproteico, produzido pela placenta, com semelhança estrutural aos hormônios pituitários FSH, TSH e LH.
Pouco depois da implantação de um óvulo fecundado na parede do útero, o trofoblasto começa a produzir hCG, o que mantém as secreções de esteroides do corpo lúteo até que a placenta consiga fazê-lo.

A hCG pode ser detectada após a implantação; as concentrações duplicam aproximadamente a cada 1,5 a 3 dias nas primeiras seis semanas e continuam a aumentar até o fim do primeiro trimestre, diminuindo gradualmente para um nível mais baixo durante o tempo restante da gravidez. Após o parto, a hCG volta a ser <5mUI/mL (UI/l) e é normalmente indetectável durante vários dias no pós-parto. O hormônio é um excelente marcador de gravidez.

As mulheres hígidas, que não estejam grávidas, têm níveis de hCG baixos (5mUI/mL[UI/l]) ou indetectáveis; contudo, a hCG, originada na hipófise, pode ser encontrada em níveis detectáveis em mulheres que estejam em perimenopausa e pós-menopausa. Durante a gravidez, níveis insolitamente baixos ou em rápida diminuição podem indicar um estado anormal, tal como uma gravidez ectópica ou um aborto espontâneo iminente.

OBS: Este teste destina-se apenas à detecção precoce da gravidez.

RECOMENDAÇÕES

Não necessita de jejum

Exames Mais Realizados


Biolabor - Laboratório Clínico